O que é mudança organizacional?

Um desafio e deve ser tratada como um processo que apoia seus colaboradores a aceitar e abraçar transformações no seu ambiente de trabalho.

Precisamos entender que as mudanças devem ocorrer quando a performance da empresa está mediana ou abaixo da média, tornando-se necessário incrementar sua vantagem competitiva, valor do negócio e concorrência com o mercado.

Toda mudança está atrelada a um projeto e é necessário investir na criação de um plano consistente para gestão da mudança, em conformidade com os objetivos estratégicos da empresa e da gestão do projeto em questão.

Mudanças podem ser implementadas com êxito!

“Não é a espécie mais forte que sobrevive, nem a mais inteligente. E sim aquela que melhor se adapta à mudança.” (Charles Darwin).

A organização deve se desenvolver para a sua própria sobrevivência. Sendo assim, além de reformas estruturais, projetos de mudança envolvem principalmente pessoas e estas devem ser treinadas para planejar e executar a mudança.

A gestão de projetos avançou qualitativamente nas organizações, entretanto por si só não garante o cumprimento dos objetivos sem que haja a integração de ações de ges-tão de mudança, pois grande parte dos projetos organizacionais precisa de mudanças de comportamento.

A cultura organizacional instalada deve ser fortemente trabalhada. É preciso transformar a mente das pessoas! Não é possível realizar mudança apenas com alterações estruturais. Vencer a cultura dominante exige:

 Entender que o “status quo” não é mais significativo e não pode permanecer.
 Definir o que se quer mudar e quais os benefícios da mudança.
 Acreditar aonde se pretende chegar.
 Organizar e gerenciar o processo de mudança.

Gestão de mudança influencia os participantes sobre os benefícios da mudança e co-mo esta poderá ajudá-los no trabalho diário.

Benefícios da gestão de mudança

A seguir um gráfico publicado pela Dextera (Parceira exclusiva da Changefirst - Amé-rica Latina), onde são demonstrados os principais benefícios que a gestão de mudança pode agregar ao sucesso de um projeto:

É recomendável que os objetivos organizacionais não estejam atrelados, somente a questões técnicas ou cumprimento de cronograma, mas também a objetivos mais am-plos, como a adesão das pessoas à mudança.

Trabalhamos por uma equipe de projeto motivada e engajada, com expectativas dos stakeholders alinhadas, comunicação eficiente, orientação para mitigação de riscos, pessoas capacitadas e suportadas pela organização. Desta forma, as condições se tornam as mais propícias para que a mudança seja internalizada pelos indivíduos e o retorno do investimento para a organização seja alcançado mais rapidamente.

Autor: Graça Bogéa
https://gracabogea.wixsite.com/coaching

Coach e Project Manager na OGGI RH.

Atua como Life Coach e Career Coach.

Trainer nas áreas de conhecimento de Gestão de Mudança Organizacional; Liderança, o Desafio na Gestão; Gestão de Processos de Negócios.

Consultoria para desenvolvimento de trabalhos com equipes multidisciplinares em projetos, liderando pessoas e contribuindo para o seu crescimento e melhoria de performance. Utilização das disciplinas do processo PMI e de metodologias ágeis.

Formação em Coaching: Leader and Professional Coach (processo de coaching pessoal e profissional) na ACT Conching (ICF International Coach Federation); Professional Coach Certification e Análise Comportamental (CISC) na SLAC Sociedade Latino Americana de Coaching.

Graduação em Administração de Empresas e em Pedagogia pela Universidade Santa Úrsula - RJ. Especialização em Gerência de Projetos na Fundação Getúlio Vargas.